Cirurgia de varizes eficaz

Cirurgia de varizes vídeo

O Problema das Varizes e a Cirurgia

O problema das varizes é comum, as veias dilatadas dos pés e das pernas, e pode causar dor, desconforto, inchaço, além dos prejuízos estéticos, em alguns casos é necessária a cirurgia de varizes. As varizes são as veias que se dilatam e deixam a forma reta, ficam tortas e saltadas pela pele.

cirurgia de varizes
É importante lembrar que as varizes internas não existem, pois as veias comprometidas que são profundas nos músculos recebem tratamento como diferente condição venosa com o nome doença das veias profundas. E ainda os vasinhos são diferentes das varizes apenas em calibre e em posição.
O principal fator de causa é a predisposição familiar, a doença é passada de geração em geração, e as mulheres são as mais prejudicadas. O motivo é hormonal que faz diminuir a força das paredes das veias o que deixa os vasos fracos. A reposição hormonal e o método anticoncepcional podem fazer varizes aparecerem antes. A idade também apresenta risco e a cirurgia de varizes pode ser necessária.
Os hábitos incorretos são motivos para a ocorrência. Ficar bastante tempo na mesma posição, em pé ou sentado, vai prejudicar a circulação do sangue em membros inferiores, além do problema da obesidade e sedentarismo. Todo cuidado é válido para evitar o caso de cirurgia de varizes.
O sangue depois de bombeado deve voltar para o coração e isso depende da panturrilha. O sangue precisa fazer o ciclo completo de movimento, mas quando as veias das pernas estão comprimidas e membros parados, o sangue vai ficar represado na região das batatas das pernas. Isso prejudica a circulação, causa varizes. A panturrilha tem função de coração da perna.

cirurgia de varizes1
É preciso ter cuidados com hábitos no trabalho, quem fica sempre sentado, é importante se movimentar. Vale tudo para evitar a cirurgia de varizes. Levante a cada uma ou duas horas para movimento dos músculos. E os exercícios com pernas, mesmo sentados, ajudam bastante. Uma boa dica é levantar e abaixar os pés, simulando acelerar o carro, por cinco vezes a cada meia hora passada. Uma saída também é usar meias do tipo elásticas de compressão graduada, que fazem pressão no tornozelo e pés ajudando a subir o sangue para o coração.
O tratamento dos vasinhos, estes que são manchinhas nas pernas, pode ser com aplicação de substâncias em agulha, causando inflamação da veia, sendo absorvida pelo organismo depois. O laser também é usado; o sangue da veia é esquentado para queimar o vaso. Para as varizes, o método mais comum é o procedimento cirúrgico com retirada das veias dilatadas.
No tratamento com aplicação de espumas, ocorre o mesmo princípio da aplicação dos vasinhos, mas podem ficar manchas na pele. E diferente do laser nos vasinhos de disparo, nas varizes é injetada uma fibra que queima as veias no interior, mas também podem ocorrer as manchas.
No método da radiofreqüência, o instrumento que esquenta a ponta vai queimar a veia por dentro da pele, diminuindo a extensão, há a possibilidade de eliminação do vaso comprometido. As atividades físicas são ótimas, e devem ter prioridade os exercícios aeróbicos, e ainda evitados os de grande explosão muscular, para evitar problemas e a cirurgia de varizes.
Exercícios aeróbicos, como bicicleta, natação e caminhada tem um aspecto de prevenção e melhoramento das varizes, por ficar melhor a própria panturrilha. Os tipos com força que causam o aumento da pressão dentro da cavidade abdominal e prendem a respiração podem piorar para os predispostos ao problema.
Detectado qualquer tipo de problema no corpo, é necessário e recomendado ir ao médico. O profissional vai orientar sobre procedimentos, além é claro de realizar o que for preciso. A recomendação de prevenção dos vasinhos e varizes é adotar um estilo saudável de viver. Ou seja, evitar excesso de peso, praticar exercício aeróbico, ter alimentação balanceada e manter hidratação. Alguns remédios melhoram os sintomas de inchaço, dor e cãibra, via oral ou em cremes, mas são receitados com situação específica.